As notícias mais relevantes desta domingo para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
Se você não consegue ler esta mensagem, acesse https://manchetes.socioambiental.org/ para visualizar em seu navegador
19/08/2019 | Ano 19
As notícias mais relevantes desta domingo para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
GARIMPO
Lideranças indígenas denunciam atuação de garimpeiros em áreas de proteção
Equipe do Fantástico fez um sobrevoo em Roraima e registrou imagens de quilômetros de margens de rios totalmente esburacadas, pelo garimpo. Lideranças indígenas acreditam que cerca de 20 mil garimpeiros estejam atuando nas áreas de proteção
G1, 18/08, Fantástico.
FUNDO AMAZÔNIA
Fim do Fundo Amazônia pode acelerar desmatamento
A virtual extinção do Fundo Amazônia é um tiro dado no combate do desmatamento ilegal no bioma com estilhaços em todo o país. A Noruega , que responde por 93,8% dos R$ 3,4 bilhões doados, pode não só interromper os repasses, como anunciou, quanto pedir de volta o cerca de R$ 1,5 bilhão ainda não comprometido com projetos aprovados. A coordenadora do Programa de Política e Direito Socioambiental do Instituto Socioambiental, Adriana Ramos, diz que, pelo contrato do fundo, a Noruega pode pedir de volta o dinheiro não comprometido em projetos, ou quase a totalidade do R$ 1,5 bilhão não comprometido. Segundo ela, diplomatas noruegueses sinalizaram que esses recursos poderiam ser alocados em projetos não governamentais no Brasil. Porém, mais uma vez, nada está definido
O Globo, 17/08, Sociedade, p.35.
Governadores da Amazônia Legal lamentam posições do governo e querem negociar com europeus
Governadores da Amazônia Legal lamentaram, em nota divulgada no domingo (18), que posições do governo brasileiro tenham levado Alemanha e Noruega a suspenderem repasses de recursos para ajudar na preservação da Amazônia. A nota foi divulgada pelo governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal
G1/AP, 18/08.
“Suspensão de repasse estrangeiro à Amazônia prejudica indígenas e ribeirinhos”
Virgilio Viana, da Fundação Amazônia Sustentável, que recebe recursos do Fundo Amazônia, diz que mecanismo valoriza "floresta em pé" e que maior parte da verba vai para programas governamentais, não ONGs
El País, 17/08.
POLÍTICA SOCIOAMBIENTAL
Política ambiental de Bolsonaro ameaça acordo com UE e alarma até agronegócio exportador
A preocupação com os efeitos econômicos da política ambiental atual agita até mesmo ruralistas de carteirinha, como Blairo Maggi, um dos maiores produtores de soja do país. Ele afirmou em entrevista ao jornal Valor Econômico que o discurso do presidente pode prejudicar as exportações brasileiras. “Quando estou exportando soja, milho, os importadores querem saber mais do que nunca a origem da certificação do meu produto. E, se plantamos em área desmatada, eles não compram. Então, o discurso só atrapalha”, disse. Ele também ressalta que as colocações de Bolsonaro podem comprometer o acordo Mercosul-UE: "Temos uma relação muito complicada com a Europa e podemos ter mais fechamentos de mercado”
El País, 17/08.
DESMATAMENTO
Balanços oficiais de desmatamento da Amazônia confirmam dados de sistema de alerta; entenda
Sistema Deter emite alertas diários de áreas desmatadas para ajudar na fiscalização, enquanto o Prodes faz balanço de um período de 12 meses. Os dois dados são do Inpe. A série com dados oficiais de desmatamento da Amazônia dos últimos três anos, compilados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), mostra que os alertas preliminares de áreas com sinais de devastação na floresta vêm sendo confirmados ano a ano, e com margem
G1, 18/08, Natureza.
Sistema de monitoramento da Amazônia é referência mundial, garante ex-diretor do Inpe
Dois cientistas mundialmente conhecidos que fizeram carreira no Inpe, Carlos Nobre e Gilberto Câmara, reafirmam, em entrevista ao Brasil de Fato, a excelência brasileira na produção e na análise de dados de satélite. Por outro lado, denunciam o caráter anacrônico da indústria do desmatamento. De forma resumida: Bolsonaro e seus ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e da Segurança Institucional, Augusto Heleno, vêm reiteradamente colocando em dúvida a confiabilidade do sistema de monitoramento por satélite brasileiro, pioneiro no mundo e em aperfeiçoamento há 30 anos
Brasil de Fato, 17/08.
POLÍTICA CLIMÁTICA
Primeiro dia da Semana do Clima tem discussões sobre futuro climático
Começa na manhã desta segunda-feira (19) a Semana Latino-Americana e Caribenha sobre Mudança do Clima, realizada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em Salvador. O evento segue até a próxima sexta-feira (23). Evento chegou a ser cancelado pelo governo federal, que depois voltou atrás. Encontro ocorre em meio a discussões sobre o aumento do desmate na floresta amazônica e a suspensão de doações para o Fundo Amazônia
G1/BA, 19/08.
AMAZÔNIA
Em defesa da Amazônia
Com o aumento do desmatamento da maior floresta do mundo, o Brasil se desvia da rota de tornar-se a grande potência verde do planeta. Pior: está virando vilão do meio ambiente. Todo mundo perde com isso. A revista Exame desta semana saiu com a reportagem sobre a Amazônia
Exame, 21/08, Meio Ambiente, p.16 a 27.
Outras Noticias
Assembleia Legislativa do Amazonas corta R$ 65 milhões do orçamento destinado aos indígenas do Amazonas
Bolsonaro e Salles tramam destruir o Fundo Amazônia, diz deputado
Bolsonaro tem razão em críticas à política ambiental da Noruega?
Os prejuízos do Capitão Motosserra
Soja brasileira gera tensão em guerra comercial entre EUA e China
‘A agenda ambiental é parte de qualquer negócio’, diz presidente de associação do setor agro
Não é só porque a Amazônia é nossa que devemos acabar com ela, diz pecuarista
Promotoria investiga ministro do Meio Ambiente por enriquecimento ilícito
Galvão, ex-diretor do Inpe, afirma que sistema privado de monitoramento é jogar dinheiro fora
Programa de TV pública alemã chama Bolsonaro de 'Idiota de Ipanema'
Ações contra União e BC buscam conter exploração ilegal
Bolsonaro cria risco amazônico para o agronegócio
Terra indígena não é propriedade privada
Presidente, desprezar o ambiente custa caro
É hora de sanções contra o Brasil, cobram alemães
Desmate é o problema, o Inpe é só o mensageiro
Confira as edições anteriores
Junte-se ao ISA
Clique aqui e saiba mais!
Siga-nos
ISA - Instituto Socioambiental · www.socioambiental.org
Cancelar recebimento · Sobre o ISA · Banco de notícias · Acervo · Contato