As notícias mais relevantes desta quinta-feira para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
Se você não consegue ler esta mensagem, acesse https://manchetes.socioambiental.org/ para visualizar em seu navegador
20/09/2022 | Ano 22
As notícias mais relevantes desta quinta-feira para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
POVOS INDÍGENAS
Na Amazônia, práticas agrícolas indígenas interligam cosmologia e conservação
Patrimônio cultural brasileiro, o Sistema Agrícola Tradicional do Rio Negro integra as lógicas produtiva, alimentar, cultural e espiritual de 23 povos indígenas, ao passo que mantém a floresta amazônica em equilíbrio
National Geographic Brasil, 19/09.
Ameaçado por invasores, povo Karipuna faz apelo por proteção a países e órgãos públicos
Presente em Brasília, delegação da Terra Indígena Karipuna, em Rondônia, pede retirada de grileiros e madeireiros e proteção contra ameaça de genocídio
Cimi, 19/09.
MPF pede R$ 100 mil de indenização ao povo Kayapó por atos racistas de antropólogo contra o cacique Raoni
O Ministério Público Federal iniciou ação civil pública contra Edward Luz, conhecido como antropólogo dos ruralistas, por atos e falas racistas contra o cacique Raoni Metuktire durante o evento Amazônia Centro do Mundo, em novembro de 2020
MPF, 19/09.
TERRAS INDÍGENAS
Cúpula da Funai blindou projeto de agronegócio em terra indígena no Mato Grosso
Proteção dada por Brasília a fazendeiros e cooperativa Xavante atropelou servidores da área técnica, que só souberam do início da lavoura após vistoria na área desmatada
O Joio e O Trigo, 19/09.
Operação Res Capta: arrendatários de áreas na TI Marãiwatsédé têm bens bloqueados no valor de R$ 667 milhões
Justiça ainda determinou que continuem a pagar mensalmente os valores acordados pelo arrendamento, mesmo com a retirada do gado da área
MPF, 19/09.
GARIMPO
Bancada do Ouro: candidatos pró-garimpo são investigados e querem explorar minério na Amazônia
Impulsionadas pelo apoio do governo Bolsonaro, candidaturas pró-garimpo crescem na eleição de 2022. Análise do InfoAmazonia mostra que pelo menos 31 candidatos mantêm 95 processos ativos na ANM para explorar minérios na Amazônia
InfoAmazonia, 19/09.
Garimpo e mineração de ouro lançam mais de 70 candidatos no país com impulso de Bolsonaro
Partido com mais nomes é o PL, o mesmo do atual presidente da República, com 17, seguido da União Brasil, com oito
FSP, 19/09, Política.;Yahoo.com, 19/09.
QUILOMBOLAS
MPF pede cumprimento de sentença que obrigou regularização de terras quilombolas no arquipélago do Marajó (PA)
União e Incra tentaram suspender a decisão até julgamento de recurso, mas não tiveram sucesso
MPF, 19/09.
AMAZÔNIA
Imaginando um país sem Bolsonaro, cientista de fogo indica meios de combate a queimadas na Amazônia
Há quase duas décadas se dedicando a estudar o comportamento do fogo na Amazônia, a diretora de Ciência do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), Ane Alencar, monitora e estuda a relação entre mudança do uso da terra, incêndios florestais e clima
Mídia Ninja, 16/09.
Amazônia pode se transformar em berço de novas doenças por conta de impactos ambientais
Desmatamento e outras mudanças no uso da terra causam distúrbios ecológicos relevantes, como a introdução de novos patógenos em diferentes espécies animais, incluindo humanos. Tais observações estão em artigo publicado na revista "Anais da Academia Brasileira de Ciências" nesta segunda (19)
Portal Amazônia, 20/09.
AGROTÓXICOS
Banidos na Europa, feitos na China e usados na soja: os agrotóxicos aprovados por Bolsonaro
Levantamento revela que 45% dos produtos liberados pela gestão atual são de agrotóxicos proibidos na União Européia. Maioria é fabricada na China e é usada em plantações voltadas à exportação
Repórter Brasil, 19/09.
POLÍTICA AMBIENTAL
Às vésperas de discurso de Bolsonaro na ONU, Amazônia tem alta em queimadas e desmatamento
A gestão Bolsonaro também é marcada pelo apoio às atividades do garimpo e a mineração em áreas hoje protegidas (o Executivo enviou um projeto de lei ao Congresso Nacional para regulamentar a mineração em terras indígenas) e pelas dificuldades na cobrança de multas ambientais
BBC Brasil, 19/09.
Ato do governo Bolsonaro deve anular até R$ 16 bilhões em multas ambientais
Um despacho de Eduardo Bim, que assumiu o Ibama por indicação do ex-ministro Ricardo Salles, publicou em 21 de março um despacho anulando as multas ambientais aplicadas entre 2008 e 2019 que utilizaram edital para avisar os infratores sobre a necessidade de apresentarem sua defesa no final do processo
UOL, 20/09.
Outras Noticias
Rosa Weber prometeu a indígenas pautar marco temporal no STF até 2023
"Se você vota em quem matou milhares, há sangue nas mãos", diz ativista indígena
Grilagem de terras na Amazônia volta a ser debatida na CMA
Em Belém, Ciro Gomes acena para mineração em terras indígenas
Maior parte dos candidatos à reeleição no Congresso não apoia pauta ambiental
Empresários investem milhões na compra de terras para formar ‘corredor’ de preservação no Pantanal
Confira as edições anteriores
Junte-se ao ISA
Clique aqui e saiba mais!
Siga-nos
ISA - Instituto Socioambiental · www.socioambiental.org
Cancelar recebimento · Sobre o ISA · Banco de notícias · Acervo · Contato