As notícias mais relevantes desta terça-feira para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
Se você não consegue ler esta mensagem, acesse https://manchetes.socioambiental.org/ para visualizar em seu navegador
09/05/2022 | Ano 22
As notícias mais relevantes desta terça-feira para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
DIRETO DO ISA
Comunidade Aracaçá vive tragédia humanitária, alerta organização Yanomami
Em nota, a Hutukara Associação Yanomami apresentou levantamento que evidencia rotina de terror imposta aos indígenas e cobrou a expulsão dos invasores da Terra Indígena Yanomami
Para onde vai a 'Cabeça do Cachorro'?
Os desafios da região são tão grandes quanto sua extensão geográfica. São Gabriel da Cachoeira é o município do Amazonas em que se situa a fronteira trinacional entre o Brasil, a Colômbia e a Venezuela. Com 109 mil km2, é o terceiro mais extenso do país. A região é também conhecida como “Cabeça do Cachorro”, por causa do desenho que conforma o mapa no extremo noroeste do Brasil. Por Márcio Santilli - sócio-fundador do ISA
TERRAS INDÍGENAS
Distribuidora leva luz para invasores em terra indígena no Pará
No coração da terra indígena Cachoeira Seca, entre os municípios de Altamira, Placas e Uruará, no Pará, postes de madeira sustentam os fios que transportam a energia para abastecer as casas de grileiros, garimpeiros e desmatadores. Dentro da área demarcada, onde só povos originários poderiam estar, não indígenas usam a eletricidade fornecida, de forma ilegal, pela concessionária Equatorial Energia, uma das maiores companhias do setor elétrico. A Equatorial, empresa privada que atua em seis Estados do País, tem conhecimento de situações como essa em toda a região, sejam estas causadas por ligações clandestinas, os chamados “gatos”, ou mesmo estruturas entregues pela própria companhia. A companhia já foi multada em mais de R$ 3,3 milhões por instalações irregulares dentro da terra indígena Cachoeira Seca
OESP, 07/05, Economia.;Terra, 07/05.
Draga de garimpo opera nas margens de aldeia Munduruku há mais de um mês
Ligado dia e noite, motor da embarcação pode ser ouvido por toda a aldeia Sawré Muybu, no médio Tapajós. InfoAmazonia registrou caso denunciado por jovem Munduruku no Twitter. Há mais de um mês os Munduruku da aldeia Sawré Muybu dormem e acordam ao som de uma draga de garimpo rodeando suas casas. O barulho alto do motor opera 24 horas por dia sugando sedimentos do rio Tapajós a procura de ouro pode ser ouvido por toda a aldeia. Na segunda semana do mês de abril, o InfoAmazonia registrou a presença da draga durante visita à Sawré Muybu, localizada na Terra Indígena (TI) Sawre Muybu, chamada pelos indígenas de território Daje Kapap Eipi, que fica no médio Tapajós, entre os municípios paraenses de Trairão e Itaituba
InfoAmazonia, 04/05.
YANOMAMI
Investigação da PF sobre denúncia de estupro e homicídio de menina Yanomami aponta para mal-entendido
A Polícia Federal apresentou nesta sexta-feira (6) a principal linha de investigação sobre a denúncia de homicídio e estupro de uma menina Yanomami, em Roraima. A denúncia sobre o estupro e morte de uma criança indígena de 12 anos e o desaparecimento de outra, de três, teria surgido após a divulgação de um vídeo institucional de uma ONG sobre aliciamento de menores e abusos sexuais na Terra Indígena Yanomami
g1, 06/05, Jornal Nacional.
GARIMPO
Nem as andorinhas-azuis estão a salvo da poluição por mercúrio de garimpo
Metal foi encontrado nas penas da espécie, que migra para a Amazônia no verão. Presença do mercúrio, consequência do garimpo e hidrelétricas, compromete capacidade de migração
O Eco, 09/05.
POLÍTICA AMBIENTAL
Presidente do Ibama compara órgão ambiental a manicômio: “cheio de maluco”
Em evento realizado em São Paulo em meados de abril, o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Ibama), Eduardo Bim, fez críticas ácidas aos funcionários do órgão, aos quais chamou de “loucos”. “Meio ambiente nunca foi uma área tranquila. Pura militância. pura paixão, pouca técnica, fazem os maiores absurdos do mundo […] Muita gente louca e os loucos gostam de direito ambiental porque eles se sentem confortáveis na área, inventando coisas”, disse
O Eco, 06/05.
ÁGUA
Sabesp não divulga testes que comprovam contaminação da água em 132 cidades brasileiras
O Estado de São Paulo tem uma das maiores empresas de abastecimento do mundo, com 28,6 milhões de pessoas atendidas, e a que mais realiza testes para medir a qualidade da água no Brasil. A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) tem a missão de ser “referência mundial na prestação de serviços de saneamento”. Em suas ações de comunicação, porém, a empresa omite problemas na qualidade da água que deveriam ser divulgados aos consumidores. Entre 2018 e 2020, contaminantes foram encontrados na água que saiu da torneira de 132 cidades paulistas abastecidas pela Sabesp. As substâncias químicas excederam o valor máximo permitido pelo Ministério da Saúde, órgão que define um parâmetro de controle, acima do qual há risco à saúde humana
A Pública, 09/05.
Outras Noticias
Plataforma virtual reúne informações georreferenciadas de mais de 60 territórios de povos e comunidades tradicionais
PGR cria 30 novos ofícios com atribuição na temática socioambiental na região amazônica
Mourão sobre recorde de desmatamento: “Números péssimos e horrorosos”
PF intensifica ação contra crimes ambientais, e em de terras indígenas
Microplásticos estão em nossos corpos. Quanto eles nos prejudicam?
Ianomâmi: Indígenas vão ao STF contra falta de ação do governo na retirada e barbárie de garimpeiros
O mundo contra o tráfico de espécies silvestres: Como o Brasil pode ser parte ativa
MPF participa de encontro sobre protocolo de consulta com povos indígenas e comunidades tradicionais no AM
Empresário e ex-candidato pelo PSDB assume ser o dono e diz que ouro aprendido é legal
General lobista de mineradora acusada pelo MPF foi recebido 18 vezes no Planalto
Confira as edições anteriores
Junte-se ao ISA
Clique aqui e saiba mais!
Siga-nos
ISA - Instituto Socioambiental · www.socioambiental.org
Cancelar recebimento · Sobre o ISA · Banco de notícias · Acervo · Contato