As notícias mais relevantes desta sábado para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
Se você não consegue ler esta mensagem, acesse https://manchetes.socioambiental.org/ para visualizar em seu navegador
15/10/2020 | Ano 20
As notícias mais relevantes desta sábado para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
DIRETO DO ISA
Povos Indígenas para crianças, agora no celular!
Seus filhos passam horas no celular? Agora, conteúdo didático pode ajudar na experiência das crianças e adolescentes e no ensino virtual durante pandemia. O novo site Mirim apresenta um panorama geral sobre a situação dos indígenas no país, trazendo exemplos de diferentes povos. Cada um com sua história e particularidades. A primeira versão do site foi lançada há 11 anos e convertida em livro em 2016. Em 2011, a plataforma ganhou o Prix de la Jeunesse Iberoamericano do Comkids na categoria “Digital e Interativa”. Não perca nesta quinta-feira (15/10) a live de lançamento do site
Live Hoje: Povos Indígenas no Brasil - despertando o interesse das crianças
Na semana das crianças, entre nessa roda para conhecer o novo Povos Indígenas do Brasil Mirim e refletir sobre como transmitir a diversidade e beleza dos mundos indígenas para os pequenos. Não perca a #CasaFloresta, a roda de conversa do ISA para conectar raízes e antenas! Hoje 15/10, a partir das 17h00! Acompanhe #AoVivo e concorra a exemplares do livro Povos Indígenas no Brasil Mirim!
Conexão SP-Floresta Amazônica: saúde indígena recebe toneladas de EPIs para enfrentar a Covid-19
Articulada pelo Programa Rio Negro do ISA, doação de R$ 2 milhões do Fundo Todos pela Saúde beneficiou instituições e estreitou trabalho de cooperação humanitária na pandemia
PL 529 é aprovado, mas futuro de instituto responsável por reconhecer quilombos de SP continua indefinido
Parlamentares paulistas aprovaram projeto de lei do governo na madrugada de quarta-feira (14/10), mas deixaram para o futuro votação sobre o Itesp e outros três órgãos públicos
Série de debates celebra as unidades de conservação do Brasil
Não perca o Proteja Talks 2020, evento que reúne personagens e especialistas em unidades de conservação do Brasil, neste ano em uma parceria com a iniciativa Um Dia No Parque. Até sexta-feira (16), de 17h a 18h30, o Proteja Talks vai trazer o olhar e a experiência de quem vive e trabalha nessas áreas protegidas
Defesa nacional, militares e mudanças climáticas
Márcio Santilli, sócio-fundador do Instituto Socioambiental (ISA), analisa os graves impactos e implicações do aquecimento global para nossa soberania e as Forças Armadas no Brasil. Artigo publicado originalmente no Mídia Ninja
POVOS INDÍGENAS
Live do Cimi debate direitos constitucionais dos povos indígenas
No dia 28 de outubro, um julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) poderá definir o futuro das demarcações de centenas de territórios indígenas. De olho neste cenário, o Conselho Indigenista Missionário (Cimi) realiza uma roda de conversa on-line nesta quinta-feira (15), às 15h, para debater direitos e ameaças à Constituição Federal no que diz respeito aos povos originários. Com o título “Em defesa da Constituição brasileira: contra o marco temporal”, a live contará com a participação de convidados
Cimi, 14/10.
POPULAÇÕES TRADICIONAIS
Vítimas da devastação
Polícia Federal investiga pecuaristas, enquanto assentados, pescadores e indígenas da etnia Guató sofrem para superar a destruição provocada pelo fogo e as acusações do presidente Jair Bolsonaro. Bolsonaro fez a primeira acusação em julho, durante uma transmissão ao vivo em uma rede social, ao lado do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles: “Uma parte considerável das pessoas que desmatam e tocam fogo é indígena, caboclo”. Repetiu a acusação em setembro durante o discurso de abertura da 75ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU): “Caboclo e o índio queimam seus roçados em busca de sua sobrevivência, em áreas já desmatadas”
Repórter Brasil, 14/10.
AMAZÔNIA
Cerca de 30% de áreas desmatadas ou queimadas no AM não têm donos identificados, aponta governo
O recorde histórico de queimadas no Amazonas e o avanço do desmatamento podem estar relacionados, entre outras questões, com a invasão de terras. Conforme dados do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), cerca de 30% de áreas de floresta destruídas não têm os proprietários identificados. O Ipaam afirma que existe um problema fundiário, de documentação das terras, que impede de identificar os donos de áreas que foram desmatadas ou queimadas
G1/AM, 14/10.
Pesquisadores desenvolvem modelo de alerta que prevê seca na Amazônia com 18 meses de antecedência
O estudo foi conduzido por cientistas do Instituto Potsdam de Pesquisas sobre o Impacto Climático (PIK), na Alemanha, como parte do projeto TiPES, liderado pela física Catrin Ciemer, e publicado no periódico Environmental Research Letters. O modelo foi desenvolvido com base em análises da temperatura de superfície do Oceano Atlântico. Como na natureza tudo está interligado, a relação entre a umidade dos oceanos e o regime de chuvas na Amazônia faz parte da engrenagem intrínseca aos biomas. Qualquer variação na temperatura, como resultado do aquecimento global, é suficiente para desencadear uma série de consequências
Mongabay, 15/10.
COVID -19
Penso, logo resisto
As crises ambientais e sociais da atualidade estão cada vez mais gerando interesse no Brasil para a produção intelectual feita a partir do olhar indígena e negro, como possibilidade de construção de um saber filosófico daqui e como contraponto à visão utilitarista, à lógica individual e à razão cartesiana da dita vida moderna. Como as cosmovisões de indígenas e afrodescendentes podem ajudar a construir uma filosofia brasileira. Ecoa propõe durante o mês de outubro um ciclo temático de reportagens e entrevistas sobre Re_construção. A proposta é falar sobre pessoas e ideias que oferecem diferentes maneiras de ver e lidar com nosso mundo e sociedade durante e após a pandemia
UOL/Ecoa, 14/10.
Com Covid-19, tuxaua-geral do povo Sateré-Mawé luta pela vida
A maior liderança do povo Sateré-Mawé, no Amazonas, o tuxaua-geral Amado Menezes, de 64 anos, está em estado gravíssimo no hospital Jofre Cohen, no município de Parintins, na região do Baixo rio Amazonas. Vítima da Covid-19, ele está internado desde 23 de setembro, mas já deveria ter sido transferido, por determinação da Justiça, para uma UTI em Manaus. Diante do atraso na transferência, seu quadro clínico se agravou, o que o impede agora de levá-lo para a capital
Amazônia Real, 14/10.
POLÍTICA AMBIENTAL
Salles e AGU pressionam ambientalista que criticou o 'passando a boiada'
O ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente) recorreu à Justiça Federal para intimar um ambientalista crítico de sua gestão por uma entrevista concedida ao jornal "O Globo". Com base em uma lei de 1995, Salles é representado pela AGU (Advocacia Geral da União), que mobilizou dois advogados servidores públicos da "Divisão de Atuação Estratégica" do órgão. A petição é uma interpelação judicial com pedido de explicações em juízo contra Marcio Astrini, secretário-executivo do OC (Observatório do Clima), por duas declarações que ele concedeu ao jornal "O Globo" em 25 de maio a propósito da já célebre expressão usada por Salles na reunião ministerial de 22 de abril no Palácio do Planalto - de que o governo deveria aproveitar que a imprensa estava ocupada na cobertura da pandemia do novo coronavírus para ir "passando a boiada" de mudanças na legislação ambiental. Ou seja, ainda não é uma ação judicial, mas uma medida preliminar que pode ou não ser usada numa ação. Coluna de Rubens Valente
UOL, 14/10.
Juiz federal do DF nega pedido do MP para afastar ministro Ricardo Salles do cargo
A Justiça Federal do Distrito Federal negou, nesta quarta-feira (14), um pedido de afastamento do cargo do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. A decisão é assinada pelo juiz Márcio de França Moreira, da 8ª Vara Federal do DF. O pedido de afastamento imediato tinha sido feito pelo Ministério Público Federal (MPF), em uma ação de improbidade contra Salles, apresentada em julho. Segundo Moreira, o MPF não demonstrou como a manutenção de Salles no cargo poderia prejudicar a análise da ação judicial. A decisão vem após ordem do desembargador Ney Bello para que o pedido de afastamento fosse analisado pelo juiz imediatamente
G1, 14/10, Distrito Federal.
Outras Noticias
Aldeias na reclusão: Vírus e cerco à vida indígena
Garimpo em Terra Indígena: quando a pós-verdade vale ouro
Era uma vez no país da cloroquina
O clima, as boiadas e a administração pública
O Desmatamento da Amazônia Brasileira: 2 – O que é desmatamento?
Ouro que mata a floresta
Por que a teoria do 'boi bombeiro' no Pantanal, citada por Salles e Tereza Cristina, é mito
Chefs renomados participam de marmitaço para o enfrentamento da fome no País
Coronavírus: Indígenas tiveram maior queda no emprego e renda na pandemia, diz FGV
Sem vacina ou distanciamento, Covid-19 vira doença sazonal que cresce no inverno e diminui no verão, diz pesquisa
Mourão defende simulação de guerra na Amazônia: 'Se não treina, perde o jogo'
Embora esperada, simulação de guerra na Amazônia foi usada ideologicamente, avaliam especialistas
O compadrismo e os outros erros
Confira as edições anteriores
Junte-se ao ISA
Clique aqui e saiba mais!
Siga-nos
ISA - Instituto Socioambiental · www.socioambiental.org
Cancelar recebimento · Sobre o ISA · Banco de notícias · Acervo · Contato