As notícias mais relevantes desta terça-feira para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
Se você não consegue ler esta mensagem, acesse https://manchetes.socioambiental.org/ para visualizar em seu navegador
14/09/2020 | Ano 20
As notícias mais relevantes desta terça-feira para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
DIRETO DO ISA
A flecha que matou o indigenista Rieli Franciscato era para todos nós
Em artigo, o sócio fundador do ISA Márcio Santilli presta mais uma homenagem ao indigenista Rieli Franciscato, morto na semana passada, quando defendia indígenas isolados em Rondônia
Empreendedorismo sustentável WaiWai: um belo exemplo
Nos territórios WaiWai, demarcados e protegidos, a castanheira prospera e os indígenas aproveitam a floresta em pé para melhorar sua qualidade de vida; leia artigo de Felipe Reis, originalmente publicado na Folha de Boa Vista
POVOS INDÍGENAS
Drones assustam indígenas em terra alvo de madeireiros e fazendeiros no MA
Os aparelhos, cujos operadores são desconhecidos, têm sobrevoado as aldeias da Caru, com cerca de 400 indígenas, gerando pavor nas crianças e assustando os idosos. Os guajás, também conhecidos como awás guajás ou awás, são uma etnia considerada de recente contato e pelo menos três grupos ainda vivem em isolamento voluntário na mata, um deles na Caru. Coluna de Rubens Valente
UOL, 14/09.
Indígenas 'guardiões' fazem operação para expulsar madeireiros no Pará
Cansados de aguardar uma ação do governo federal para reverter a invasão de suas terras, os tembés da Terra Indígena Alto Rio Guamá, no Pará, criaram um grupo de "Guardiões da Floresta" e passaram a cercar os invasores e exigir sua saída. No último dia 9, com os rostos pintados, pilotando motos e uniformizados, cerca de 40 "guardiões" tembés armados se dirigiram a um acampamento de madeireiros na localidade conhecida como igarapé Ubin, a cerca de 30 km da aldeia Tenetehara. Um grupo de nove pessoas foi rendido, advertido a sair da região e depois liberado. Coluna de Rubens Valente
UOL, 12/09.
“Quando a nossa história chega, é possível desfazer os preconceitos”, diz autora Glicéria Tupinambá
“Os donos da terra” aborda em quadrinhos episódios históricos e recentes da luta dos Tupinambá da Serra do Padeiro no sul da Bahia. As sete histórias retratadas nesta HQ colocam uma lupa na Serra do Padeiro, no sul da Bahia, região que revela uma resistência indígena que extrapola o local, muito mais ampla, que não se deixa abater, mesmo diante de um governo anti-indígena
A Pública, 11/09.
PANTANAL
Fogo avança sobre o Pantanal e mata animais ameaçados
O Pantanal enfrenta os maiores incêndios já registrados na região. Números divulgados neste fim de semana pelas autoridades locais afirmam que o fogo destruiu 2,34 milhões de hectares ao longo do ano, ou 15% da área do bioma. O estado mais atingido é Mato Grosso, com 1,26 milhão de hectares, dos quais 128 mil foram registrados de janeiro a junho e 1,13 milhão, de julho a setembro, segundo o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul. Em Mato Grosso do Sul foram registrados 414 mil hectares de janeiro a junho e 667 mil hectares queimados de julho a setembro, totalizando 1,08 milhão, também segundo o Corpo de Bombeiros do estado
Deutsche Welle, 14/09.
QUEIMADAS
Em um ano, governo Bolsonaro corta verba para brigadistas em 58%
Mesmo com as queimadas na Amazônia aumentando 30% em 2019 e com o Pantanal registrando o maior número de queimadas em uma década, o governo Bolsonaro vem cortando drasticamente a verba para contratação de profissionais para prevenção e controle de incêndios florestais em áreas federais. O gasto esperado com a contratação de pessoal de combate ao fogo por tempo determinado, somado ao de diárias de civis que atuam como brigadistas, caiu de R$ 23,78 milhões em 2019 para R$ 9,99 milhões neste ano – uma redução de 58%, de acordo com dados oficiais do Portal da Transparência
Deutsche Welle, 12/09.
QUILOMBOLAS
MPF e DPU recorrem de sentença que negou titulação de território quilombola em Ubatuba (SP)
O Ministério Público Federal (MPF), em conjunto com a Defensoria Pública da União (DPU), recorreu de uma sentença que negou um pedido para a titulação do território tradicionalmente ocupado pelo Quilombo da Fazenda, comunidade situada em uma área de 3,3 mil hectares sobreposta ao Parque Estadual Serra do Mar, em Ubatuba (SP). A ação civil pública que motivou a sentença foi proposta contra o Estado de São Paulo, a Fundação Florestal e a Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo por paralisarem indevidamente o processo de demarcação e titulação do território quilombola em virtude da sobreposição com o parque
MPF, 11/09.
TERRAS INDÍGENAS
MPF obtém decisão que determina apreensão de gado clandestino na terra Pankararu
O Ministério Público Federal (MPF) em Serra Talhada (PE) obteve decisão liminar da Justiça Federal que autorizou a apreensão de gado bovino, caprino e outros animais não pertencentes aos indígenas pankararu e criados clandestinamente na terra da etnia. A área localiza-se entre os municípios pernambucanos de Tacaratu, Petrolândia e Jatobá. As apreensões estão sendo feitas mediante ação coordenada entre a Fundação Nacional do Índio (Funai) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O caso é de responsabilidade do procurador da República André Estima
MPF, 14/09.
HIDRELÉTRICAS NA AMAZÔNIA
Estudos alertam para desastre ambiental associado à construção da barragem de Bem Querer no Rio Branco, Roraima
No momento em que os estudos para a implantação da UHE Bem Querer avançam rapidamente, torna-se importante chamar atenção para resultados de pesquisas recentes que levantam preocupações sobre os impactos potenciais desta barragem. Ao menos sete barragens estão planejadas para a bacia do rio Negro, sendo quatro ao longo do rio Branco. A UHE de Bem Querer é a maior delas, com potência estimada em 650 MW. Esta barragem vai inundar e/ou impactar os ecossistemas aquáticos e alagáveis ao longo de um trecho de pelo menos 130 km do rio Branco, afetando diretamente três unidades de conservação (ParnaViruá, EE Niquiá e EE Caracaraí), e indiretamente quase todas as UCs em Roraima. O artigo é assinado por especialistas das universidades federais do Amazonas e de Pernambuco, do WCS-Brasil e do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Jornal da Ciência, 09/09.
MINERAÇÃO
Brumadinho: Justiça homologa acordo que prevê o pagamento de R$ 250 milhões em multas ambientais
A Justiça homologou um acordo da Advocacia-Geral da União e da mineradora Vale que prevê o pagamento de R$ 250 milhões em multas ambientais pelo rompimento da barragem da empresa em Brumadinho, considerada a maior tragédia ambiental do país. O valor se refere a sanções aplicadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e pelo estado de Minas Gerais
G1/MG, 14/09.
POLÍTICA AMBIENTAL
Sem estabilidade, servidores da área ambiental perderão autonomia, dizem parlamentares
A equipe econômica do presidente Jair Bolsonaro entregou na semana passada a reforma administrativa, que prevê uma série de mudanças no funcionalismo público. As alterações propostas pelo governo federal geraram críticas entre os parlamentares envolvidos na causa ambiental. Segundo os congressistas, caso seja aprovada, fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), por exemplo, não terão liberdade para trabalharem
O Eco, 13/09.
AQUECIMENTO GLOBAL
Aquecimento global: Pedaço gigante de gelo se desprende da última plataforma permanente no Ártico
A área afetada, que se fragmentou em diversas partes segundo imagens de satélite, soma quase 110 quilômetros quadrados (equivalente à metade do tamanho da cidade do Recife). O episódio é mais uma evidência apontada pelos cientistas das rápidas transformações climáticas que atingem a Groenlândia. "A atmosfera dessa região esquentou quase 3ºC desde 1980", afirmou Jenny Turton, pesquisadora do clima da Universidade Friedrich-Alexander, na Alemanha, em entrevista à BBC News. "Além disso, em 2019 e 2020 houve recordes de calor no verão."
BBC Brasil, 14/09.
Outras Noticias
Comunidade indígena amazônica recebe pela primeira vez testes rápidos de Covid-19
Mourão: Queimadas atuais na Amazônia não são 'padrão Califórnia'
População de Seringueiras deve chamar Funai ou polícia em caso de avistar indígenas isolados, alerta MPF
O lamentável papel do vice-presidente Mourão diante da questão ambiental
Post usa foto antiga de madeireiros para acusar ONGs de incêndios na Amazônia
Fazendeiros ameaçam bacia do Rio Formoso, em Tocantins, com plantações de soja
Democracia Vive reúne artistas e influenciadores em cinco horas de live
Áurea Carolina fala de quilombos e do papel da economia na agenda do massacre
Amazônia tem 2º pior agosto de desmate, só perdendo para o do 1º ano Bolsonaro
Democracia vive, com a sociedade civil unida
Em live pela democracia, artistas e ativistas pedem união entre pessoas que pensam diferente
Agentes do ICMBio desbaratam roubo de madeira e são recebidos com tiros no AM
Incêndio no Pantanal ameaça experiência bem-sucedida de conservação de onças via turismo
Fogo no Pantanal ameaça área de concentração de onças-pintadas em MT
Negligência com ambiente e indígenas afeta investimentos
Governo pisa no freio na agenda ambiental
Plantas medicinais da Amazônia no combate à Covid-19
Confira as edições anteriores
Junte-se ao ISA
Clique aqui e saiba mais!
Siga-nos
ISA - Instituto Socioambiental · www.socioambiental.org
Cancelar recebimento · Sobre o ISA · Banco de notícias · Acervo · Contato