As notícias mais relevantes desta domingo para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
Se você não consegue ler esta mensagem, acesse https://manchetes.socioambiental.org/ para visualizar em seu navegador
30/11/2018 | Ano 18
As notícias mais relevantes desta domingo para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
DIRETO DO ISA
O descontrole deliberado do desmatamento na Amazônia
Quem se preocupa com o meio ambiente não anda otimista. A notícia do final da semana passada, no entanto, não poderia ser pior: a estimativa preliminar do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) sobre o desmatamento na Amazônia, entre agosto de 2017 e julho de 2018, foi de 7.900 km2, um aumento de quase 14% em relação a 2016-2017, quando foram registrados 6.947 km2. É o maior índice apurado pelo Projeto de Monitoramento da Floresta Amazônica Brasileira por Satélite (Prodes) nos últimos dez anos, o equivalente ao território do Distrito Federal devastado. Confira o editorial do ISA sobre a retomada da destruição da floresta
Fique sabendo o que aconteceu entre 23 e 29 de novembro de 2018
A semana que passou trouxe notícias controversas para as demarcações de Terras Indígenas (TIs) no país: ao mesmo tempo que o ministro da Justiça Torquato Jardim questionou o posicionamento do presidente eleito e relembrou imposições legais para destinação de TIs, demissões na Funai anteciparam futuro sombrio para os direitos indígenas
Biologia sintética e pirâmides pedagógicas
Novas biotecnologias estão batendo à nossa porta cotidianamente e, antes mesmo que tenhamos tempo de decidir se queremos ou não abri-la, o mundo será transformado por elas. Inovações na edição genômica combinadas com condutores genéticos (gene drives, em inglês), técnicas que já vêm sendo usadas, podem modificar completamente organismos e espécies rapidamente. Confira artigo da assessora do ISA Nurit Bensusan sobre os desafios envolvendo as novas biotecnologias discutidos na COP 14, conferência internacional sobre biodiversidade
MUDANÇAS CLIMÁTICAS
ONU vê falta de liderança no clima
As negociações climáticas internacionais estão em momento crucial. Os impactos do aquecimento global estão acontecendo em velocidade maior do que o previsto e os compromissos dos países em reduzir gases-estufa deveriam ser cinco vezes maiores. Para piorar o cenário, há falta de liderança e vontade política
Valor Econômico, 30/11, Internacional, p.A10.
Acordo entre Mercosul e UE depende de Bolsonaro, diz Macron
Em Buenos Aires, presidente da França vincula apoio de seu governo a tratado comercial a cumprimento do Acordo de Paris. Bolsonaro ameaçou retirar o país do pacto que visa conter as mudanças climáticas
Deutsche Welle, 30/11.
Desafios e reflexões: “a mudança climática já não é uma ameaça distante”
O esforço global contra os efeitos das mudanças climáticas é um daqueles desafios históricos que provocam o sistema internacional de cooperação de diversas formas. Leia o artigo de Adriana Ramos
Clima e Sociedade, 28/11.
2018 foi o quarto ano mais quente
O ano de 2018 foi o quarto mais quente da história desde que os registros começaram a ser feitos, em 1850. Perdeu apenas para 2016, 2017 e 2015. Isso quer dizer que os quatro últimos anos foram todos os mais escaldantes desde o início das medições com termômetros. Os dados são do relatório Estado do Clima Global, da Organização Meteorológica Mundial, a OMM
Observatório do Clima, 29/11.
VIOLÊNCIA
Morte, incêndios, ameaças e agressões no campo marcam ascensão eleitoral de Bolsonaro
A reportagem levantou 11 casos de violência e tentativas de intimidação durante o processo eleitoral; nome do então candidato e atual presidente eleito foi mencionado em agressões assim como “tocar fogo nos petralhas”. Acampamento do MST em MS foi incendiado aos gritos de “Bolsonaro”. Casos ocorreram em seis estados e no Distrito Federal. Três aldeias indígenas foram atacadas; um indígena foi assassinado e outro ficou tetraplégico
A Pública, 30/11.
TERRAS INDÍGENAS
Sogro de Nabhan Garcia comprou 67 mil hectares de terras indígenas no Mato Grosso nos anos 80
Fundador da UDR, antigo aliado de Bolsonaro será vice-ministro de Assuntos Fundiários; ele é genro de Alcides Parzianello, que adquiriu na região de Tangará da Serra (MT) uma área do tamanho do Bahrein, em terras da etnia Paresí
De Olho Nos Ruralistas, 28/11.
POVOS INDÍGENAS
Delegação Kinikinau e Conselho Terena reivindicam regularização de território tradicional em Brasília/DF
A Delegação indígena Kinikinau e representantes do Conselho Terena intensificaram nesta semana em Brasília/DF, a luta contra a omissão e a morosidade na regularização do território tradicional do povo Kinikinau. O principal questionamento dos Kinikinau, segundo eles, é ter sua existência negada por pelo menos 100 anos, pelos órgãos públicos e a sociedade brasileira. Desde 1940, parte dos Kinikinau vive na aldeia São João, em Bonito/MS, com o povo Kadiwéu e a outra parte vive com o povo Terena, nas aldeias Nioaque e Mãe Terra/MS, após terem sido sistematicamente expulsos de suas terras tradicionais
Cimi, 29/11.
QUILOMBOLAS
#NovembroQuilombola: MPF visita quilombo e ressalta atuação em prol de demarcação de terras
No encerramento das atividades do #NovembroQuilombola, o Ministério Público Federal (MPF) no Quilombo Mesquita, localizado no estado de Goiás, a 50 quilômetros de Brasília. O objetivo do encontro foi aproximar o MPF da comunidade e destacar a importância da atuação do Ministério Público em defesa da demarcação de terras quilombolas em todo o país
MPF, 29/11.
Outras Noticias
Selo comprova práticas comerciais justas
Instituto ATÁ e FRU.TO: conheça projetos de Alex Atala
Metas do Acordo de Paris estimulam investimento em desenvolvimento sustentável
O licenciamento ambiental no caminho da democracia deliberativa
Unicamp chega a São Gabriel da Cachoeira com as provas do 1º vestibular indígena de sua história
Incêndio que destruiu centro de saúde indígena em Roraima causou prejuízo de R$ 6 milhões
Obrigações internacionais impõem demarcação de terras
Foto de indígena sobre o Kuarup vence prêmio de fotografia
Morte de indígena por atropelamento na BR-070 em MT é reconstituída
‘Tenho receio sobre o futuro dos direitos humanos no País’, diz procurador federal
Corda bamba climática
França coloca acordo climático como condição para negociar com Mercosul
Ambientalista e produtor são contra fusão de ministérios da Agricultura e do Ambiente
Agricultura sustentável reduz custos e eleva produtividade
Comercialização é principal gargalo para avanço da agricultura familiar
Custeando a cooperação internacional
Confira as edições anteriores
Junte-se ao ISA
Clique aqui e saiba mais!
Siga-nos
ISA - Instituto Socioambiental · www.socioambiental.org
Cancelar recebimento · Sobre o ISA · Banco de notícias · Acervo · Contato