As notícias mais relevantes desta quarta-feira para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
Se você não consegue ler esta mensagem, acesse https://manchetes.socioambiental.org/ para visualizar em seu navegador
10/09/2018 | Ano 18
As notícias mais relevantes desta quarta-feira para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
GARIMPO
Morte de garimpeiro aponta tensão na área ianomâmi
Um garimpeiro foi morto por índios na última quinta-feira, 6/9, em uma comunidade da Terra Indígena Ianomâmi chamada Korikorema, às margens do rio Uraricoera, em Roraima. Os atritos entre indígenas e os garimpeiros têm crescido na região nos últimos meses, à medida em que aumentou a atividade ilegal. O número de não índios na área teria chegado a 5.000. Em julho, quando a reportagem da Folha esteve na região, garimpeiros armados vigiavam ostensivamente a chegada de aviões à pista de pouso oficial de Waikás (no rio Uraricoera). Nos dias seguintes, moradores dessa aldeia, de etnia Ye’kwana, sofreram ameaças
FSP, 9/9, Poder.
FLORESTAS
Reduzida, floresta nacional em Rondônia tem grileiro, madeireiro e incêndios
Com abafadores nas mãos e bombas de água nas costas, seis brigadistas da etnia caritiana travam uma luta desigual contra o incêndio criminoso de uma área reflorestada da Floresta Nacional (Flona) do Bom Futuro, a cerca de 140 km de Porto Velho. A estratégia de combater o fogo no limite da floresta e uma chuva providencial que caiu durante a noite ajudaram a conter parte do estrago. Mesmo assim, perderam-se ali 20 hectares dos 230 hectares reflorestados nos últimos dois anos, um prejuízo estimado em R$ 350 mil
FSP, 10/9, Ambiente, p.B6.
INFRAESTRUTURA
Estrada que liga Manaus ao resto do país ameaça abrir uma Alemanha na mata
Com pouca densidade eleitoral, a Amazônia não costuma atrair a atenção dos presidenciáveis durante a campanha. Mas a região depende sobretudo de Brasília para a implementação de grandes projetos de infraestrutura, para criar incentivos econômicos e para coibir o desmatamento ilegal, além da gestão de centenas de áreas protegidas, entre terras indígenas e unidades de conservação. A poeirenta Realidade (AM) segue o ciclo de exploração descontrolada de madeira, que abre espaço para a grilagem e o desmatamento ilegal que precede a pecuária extensiva. A diferença é que a vila fica às margens da BR-319, que, se asfaltada, pode espalhar esse modelo de ocupação caótica a uma área da floresta maior que a Alemanha
FSP, 9/9, Ambiente, p.B8 e B9.
FUNAI
Movimento indígena exige a troca da nova coordenação da Funai no Rio Negro
O atual governo segue firme com o desrespeito aos povos indígenas, ignorando o diálogo e não consultando as organizações representativas dos povos indígenas em relação aos assuntos de seu direto interesse. A Foirn (Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro) enviou ontem uma carta de manifesto contra a nomeação do novo coordenador da Funai em São Gabriel da Cachoeira (AM), Jackson Duarte, para os ministros da Justiça, da Casa Civil e para a presidência da Funai e Ministério Público Federal do Amazonas
Foirn, 5/9.
POVOS INDÍGENAS
Lideranças Guarani e Kaiowa defendem demarcação da Terra Indígena Guyraroka, anulada pelo STF
No documento, as lideranças indígenas Guarani e Kaiowa buscam, mais uma vez, sensibilizar os ministros do STF para que cumpram seu dever prioritário de proteger a Justiça e a Constituição Federal
Cimi, 6/9.
ENERGIA
Consórcio Transnorte ainda não pediu emissão de licenças do Ibama
O Ibama confirmou que ainda não aconteceu nenhum pedido de licenciamento ambiental para a construção do linhão de Tucuruí, apesar do anúncio do Governo Federal sobre a retomada do projeto. A expectativa da presidente do Ibama, Suely Araújo, seria que a licença de instalação dos trechos externos [à terra indígena] seria emitida no final de setembro
Folha de Boa Vista, 8/9.
Justiça do AP bloqueia R$ 2 milhões de hidrelétrica por morte de 3 toneladas de peixes
A Justiça Federal do Amapá determinou o bloqueio de R$ 2 milhões da Hidrelétrica Cachoeira Caldeirão, devido a morte de cerca de três toneladas de peixes no Rio Araguari, entre janeiro de 2016 e fevereiro de 2017. Em todos os casos, os peixes apareceram mortos perto da hidrelétrica
G1/AP, 6/9.
MUDANÇAS CLIMÁTICAS
ONG brasileira participa de eventos nos EUA com 20 povos indígenas em combate às mudanças do clima
A organização não-governamental brasileira Uma Gota no Oceano estará presente em dois grandes eventos que são uma preparação para a 24ª Conferência do Clima da ONU (COP24). São eles: Governors’ Climate and Forests Task Force e Global Climate Action Summit, que ocorrem entre os dias 10 e 14 de setembro em São Francisco, na Califórnia
G1, 7/9, Natureza.
QUILOMBOLAS
Quilombo Mesquita: decisão judicial garante prosseguimento da demarcação do território
Desembargador do TRF1 atende a recurso do MPF para incluir propriedade particular em perícia técnica. A nova decisão, em consonância com o entendimento do MPF, afirma que o prosseguimento do procedimento de demarcação do território quilombola não implica nenhum risco de dano irreversível ao direito de propriedade, pois a demarcação está atrelada ao resultado da perícia técnica do Incra
MPF, 6/9.
AGROTÓXICOS
Cuidado Veneno
Tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei que substitue o termo agrotóxico nos produtos em favor do agronegócio. A bula dos principais agrotóxicos vendidos no Brasil recomenda aos usuários a instalação de uma placa, nos locais de armazenagem, com o alerta: "cuidado, veneno". A advertência clara, feita pelos próprios fabricantes, não foi levada à sério durante os debates sobre o projeto que flexibiliza as regras para registro e controle dos agrotóxicos
El País, 6/9.
Outras Noticias
Terceiro Workshop da Amazônia acontece nesta semana em Manaus
Marina Silva aumentou gasto de pessoal e quadro de servidores do Meio Ambiente
Desmatamento zero do Cerrado é reivindicação aos presidenciáveis
Exploração de petróleo no país prepara retomada após a crise
Salvação da lavoura
Furnas e sócios gastam R$ 419 mi em 16 eólicas que não saíram do papel
Pirarucu: sustentabilidade, economia e conservação
Aneel não informou falhas de projetos eólicos a MPF e TCU
Confira as edições anteriores
Junte-se ao ISA
Clique aqui e saiba mais!
Siga-nos
ISA - Instituto Socioambiental · www.socioambiental.org
Cancelar recebimento · Sobre o ISA · Banco de notícias · Acervo · Contato