As notícias mais relevantes desta domingo para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
Se você não consegue ler esta mensagem, acesse https://manchetes.socioambiental.org/ para visualizar em seu navegador
15/05/2018 | Ano 18
As notícias mais relevantes desta domingo para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
POVOS INDÍGENAS
Indígenas são treinados para combater incêndio no Parque do Xingu em MT
Índios do Parque do Xingu passaram por um treinamento de combate a incêndio em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. O treinamento foi dado entre abril e maio pelo Ibama. Ao final do curso, 62 deles foram contratados para trabalhar como brigadistas. Eles vão atuar nas brigadas de incêndio
G1/MT, 14/5.
Com demarcações paralisadas, Funai passa por loteamento partidário
Objeto de desejo de parlamentares, órgão se tornou alvo de barganhas em meio ao retrocesso relativo a direitos promovido pelo governo Temer
Rede Brasil, 12/5.
Autoridade da ONU em direitos de povos indígenas não pode voltar para casa
Victoria Tauli-Corpuz é uma mulher pequenina que se acostumou a enfrentar o poder. Com a vida toda dedicada ao ativismo, ela agora é relatora especial das Nações Unidas para os direitos dos povos indígenas. Seu trabalho é responsabilizar os governos por violações. Depois de uma semana ou duas viajando a trabalho, ela normalmente voltava para as Filipinas. Voltava para sua família, seus amigos, suas amadas florestas de pinhos. Mas, hoje em dia, Tauli-Corpuz está muito abalada. O presidente de seu país, Rodrigo Duterte, a incluiu em uma lista de suspeitos de terrorismo
OESP, 13/5.
QUILOMBOLAS
A luta segue nos quilombos da Amazônia
Descendentes de escravos que se refugiaram em quilombos esperavam que, ao receber seus títulos de terras, teriam saúde, educação e um lugar na política. A realidade é outra: entre pobreza, poluição e quase escravidão
Deutsche Welle, 13/5.
BELO MONTE
A Veneza de Belo Monte
"Atingidos pela hidrelétrica, seres humanos vivem alagados por água podre na cidade de Altamira, num cenário pós-apocalíptico", reportagem de Eliane Brum
El País, 14/5.
POLÍTICA SOCIOAMBIENTAL
Temer consegue retirar os “entraves ambientais” apontados por Lula
Em novembro de 2006, na inauguração da primeira usina de biodiesel associado ao álcool no Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva afirmou a necessidade de “destravar o país” e listou os fatores de insegurança jurídica e de entraves ao crescimento econômico do país: licenças ambientais, índios, quilombolas e Ministério Público.Tal discurso repercutiu de forma extremamente negativa junto ao movimento ambientalista que publicou nota intitulada “Desenvolvimento, sim. De qualquer jeito, não”, afirmando que a assertiva de Lula no sentido de que "as questões dos índios, quilombolas, ambientalistas e Ministério Público travam o desenvolvimento do País causa-nos profunda indignação”. Passaram-se doze anos e finalmente os “entraves ao crescimento” começam a ser desmontados, a partir da publicação da Lei n. 13.655/2018
O Eco, 14/5.
MPF recomenda à Sedam (RO) que não autorize plano de manejo em áreas federais
O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Secretaria Estadual de Meio Ambiente de Rondônia (Sedam) que confira a regularidade fundiária de todos os planos de manejo, com o intuito de impedir autorizações de manejo em áreas de domínio da União no estado. Pediu também apuração, no prazo de 90 dias, da regularidade fundiária dos planos de manejo e recomendou à Secretaria que não aprove quaisquer pedidos de planos de manejo florestais sustentáveis que estejam em áreas de domínio da União, pois cabe somente ao Ibama autorizar o manejo nestas áreas
MPF, 14/5.
AGROTÓXICOS
Bancada ruralista quer votar 'pacote do veneno' nesta semana
Dentre as medidas, deputados pretendem alterar o nome dos agrotóxicos, que passariam a se chamar "fitossanitários", de modo a encobrir o risco do uso dessas substâncias
Rede Brasil, 14/5.
MUDANÇAS CLIMÁTICAS
Meio milhão de pessoas devem deixar território devastado por furacões
As pás decepadas das turbinas eólicas da empresa Gestamp em Naguabo, leste de Porto Rico, não deixam dúvida sobre a energia dos ventos. Não tanto a da fonte alternativa que promete amenizar o aquecimento global, mas a força destruidora com que uma atmosfera desequilibrada pela mudança climática lançou a fúria do furacão Maria sobre a ilha, em 20 de setembro de 2017
FSP, 15/5, Ambiente, p.B5 a B7.
SANEAMENTO
Saneamento Nada Básico
Cartão postal do Rio de Janeiro e patrimônio da humanidade, a Baía de Guanabara vive um conflito silencioso em meio à poluição. De um lado, um estado falido, ex-governadores presos e uma empresa de saneamento ineficiente; do outro, pescadores artesanais que amam e vivem das suas águas
A Pública, 14/5.
Outras Noticias
No aniversário da Lei Áurea, quilombolas ainda lutam por regularização
Desmatamento na Amazônia Legal cai 12% entre 2016 e 2017
Operação policial combate extração ilegal de madeira na região Norte
Famílias kaingang realizam retomada de terra em Passo Fundo
Em encontro inédito indígenas debatem racismo no Recôncavo da Bahia
Histórias de admirar: Terra Indígena Baía dos Guató
Eles querem baratear a produção agrícola, em detrimento da saúde e do meio ambiente
Esquerda trocou causas nacionais por defesa do 'politicamente correto’, diz Aldo Rebelo
Banco da Amazônia disponibiliza R$ 1 milhão para pesquisas científicas na Amazônia Legal em 2018
Telmário Mota acusa governo federal de ignorar risco de apagão em Roraima
Relatório sobre redução de desmatamento em Unidades de Conservação tem a participação do Cemaden
Mulher transporta palmito-juçara em ônibus e é detida por crime ambiental
Confira as edições anteriores
Junte-se ao ISA
Clique aqui e saiba mais!
Siga-nos
ISA - Instituto Socioambiental · www.socioambiental.org
Cancelar recebimento · Sobre o ISA · Banco de notícias · Acervo · Contato