As notícias mais relevantes desta domingo para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
Se você não consegue ler esta mensagem, acesse https://manchetes.socioambiental.org/ para visualizar em seu navegador
10/05/2018 | Ano 18
As notícias mais relevantes desta domingo para você formar sua opinião sobre a pauta socioambiental
DIRETO DO ISA
Prazo termina no fim do mês, mas cadastro de territórios tradicionais continua com problemas
ISA e Conaq lançam animação para orientar comunidades sobre registro de suas terras. O prazo final do Cadastro Ambiental Rural (CAR) termina, em 31/5, mas o registro dos territórios das comunidades tradicionais, como quilombolas e ribeirinhos, continua com uma série de problemas
LICENCIAMENTO AMBIENTAL
Congresso analisa propostas para lei geral de licenciamento ambiental
A Câmara dos Deputados e o Senado Federal analisam diferentes propostas de criação de uma lei geral para o licenciamento ambiental. O processo de emissão de licenças ambientais é obrigatório para empreendimentos e atividades econômicas que possam causar danos ao meio ambiente e a terras pertencentes a comunidades tradicionais, como povos indígenas e quilombolas
Agência Brasil, 8/5.
POVOS INDÍGENAS
Produção do Instituto Socioambiental e da Academia de Filmes, “Fogo na floresta” será exibido em Cannes
“Fogo na Floresta”, filme em realidade virtual lançado pelo ISA (Instituto Socioambiental) e produzido pela Academia de Filmes, foi selecionado para a mostra Next VR do Festival de Cannes, na França
Revista de Cinema, 8/5.
Indígenas Kaingang realizam ato na TI Rio dos Índios, em Vicente Dutra/RS
Mobilização com mais de 500 Kaingang exige retirada e indenização de não indígenas para conclusão da demarcação, parada desde 2004
Cimi, 9/5.
Racismo institucional e repressão cultural: “Tão bonito que nem parece índio”
Mais de seis mil índios moram em Brasília e arredores. Homens, mulheres e crianças que, devido ao preconceito, encontram vários obstáculos nas oportunidades de emprego, saúde, educação e qualidade de vida
Cimi, 9/5.
Apesar de ação judicial, criação de abrigo para indígenas em Florianópolis segue sem definição
Desde dezembro, famílias que viajam à capital vender artesanato durante o verão estão em terminal desativado de ônibus. Prefeitura sugere que eles deixem de ir à cidade.
G1/SC, 9/5.
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO
O manejo dos planos de manejo – um estudo de caso
O conceito de parques nacionais, conforme definido na lei que instituiu o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (Snuc), e que é estendido para os parques estaduais e municipais, afirma que eles têm como objetivo básico “a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica” e, na mesma sentença, o “desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico”
O Eco, 9/5.
POLÍTICA SOCIOAMBIENTAL
Arrocho fiscal e golpe de 2016 são ameaças ao meio ambiente
Depois de anunciar ao mundo metas ambiciosas de redução de emissões, Brasil enfrenta cortes de gastos que põem em risco sua agenda ambiental
Carta Capital, 8/5.
ENERGIA
Santo Antônio diz estar em 'risco de quebra'
Depois de consumir R$ 20 bilhões em investimentos para ser construída no Rio Madeira, em Porto Velho (RO), a hidrelétrica de Santo Antônio, quinta maior usina do País, está em pleno colapso financeiro, com “risco iminente de quebra” por conta de dívidas que não consegue quitar
OESP, 10/5, Economia, p.B9.
CLIMA
Cientistas revisam impacto do turismo no clima global
Um novo estudo mostra que o turismo mundial é responsável por 8% das emissões de carbono na atmosfera - um número três vezes maior do que as estimativas anteriores previam. Os responsáveis por esse aumento são pessoas que viajam de países ricos e que têm outros países ricos como destino. Os Estados Unidos estão no topo da lista, seguidos por China, Alemanha e Índia
FSP, 10/5, Folha Corrida, p. B10
AMAZÔNIA
Olhem também pelo Pará
O índice de homicídios no Pará é maior do que em São Paulo. Em 2017, foram 3.503 em São Paulo, com 45.094.866 habitantes; 3.782 no Pará, com 8.366.628 habitantes. A violência interiorizou-se e impacta todos os 144 municípios, de Belém a cidades pequenas como Mocajuba e Altamira, que lidera a relação dos municípios mais violentos do país
O Globo, 10/5, Opinião, p.15.
TRABALHO ESCRAVO
Trabalho escravo: duas das maiores empresas incluídas na lista suja são retiradas em menos de dez dias
Duas das maiores empresas incluídas na lista suja do trabalho escravo conseguiram sair da relação por decisões liminares da Justiça do Trabalho, menos de dez dias depois da inclusão. Os dois empreendimentos têm atuação atrelada a programas do governo federal. A Rumo Malha Paulista, com um capital de R$ 1,74 bilhão, está qualificada no programa de privatizações do governo para prorrogação antecipada da concessão de 2 mil quilômetros de ferrovias. A Sertenge S.A., uma empresa com capital de R$ 98,6 milhões, tem contratos com a Caixa Econômica Federal para projetos do Minha Casa Minha Vida
O Globo, 10/5, Economia.
Outras Noticias
Oficina define qualificação de agentes indígenas de saúde e saneamento de Mato Grosso
Evento fortalece parceria entre UCs e territórios quilombolas
Expedição percorre mata inexplorada no Iguaçu
Observador usa fotos da natureza para disseminar conhecimento sobre as espécies
Expedição atende 11 mil indígenas na Amazônia
Garimpeiros organizam bloqueio da BR 163 em Novo Progresso com o lema “garimpeiro não é bandido”
Empurrador que transportava ilegalmente carga de madeira é apreendido no PA
Cheia do Mamoré em RO é reconhecida como situação de emergência pelo Governo Federal
Treze novas cavernas são identificadas na APA da Escarpa Devoniana
Nova MP atende demandas das áreas de gás e nuclear
Contribuição humana para as mudanças climáticas é inegável, dizem cientistas
Confira as edições anteriores
Junte-se ao ISA
Clique aqui e saiba mais!
Siga-nos
ISA - Instituto Socioambiental · www.socioambiental.org
Cancelar recebimento · Sobre o ISA · Banco de notícias · Acervo · Contato